O tão famoso namoro a distância existe e não é de hoje. Assim como Bruna Marquezine e Neymar, vários casais enfrentam esse problema e passam um longo tempo sem se ver. Vamos entrevistar um psiquiatra para dar dicas de como um relacionamento pode sobreviver a distância e ser bem-sucedido e mostrar a rotina de um casal que namora a distância, como eles lidam e quais os planos futuros para que a união dê certo. Assista!

Relacionamentos amorosos

MENTALISTAS: Existe maneira tranquila de romper um relacionamento amoroso? Camila Tuchlinski recebe o psicoterapeuta Luiz Cuschnir e o jornalista e escritor Fabiano Rampazzo, autor do livro ‘Manual do Xavequeiro’.

Posted by Metrópole Estadão on Monday, April 16, 2018

MENTALISTAS: Existe maneira tranquila de romper um relacionamento amoroso? Camila Tuchlinski recebe o psicoterapeuta Luiz Cuschnir e o jornalista e escritor Fabiano Rampazzo, autor do livro ‘Manual do Xavequeiro’.

Alta Frequência

Na segunda hora do programa Alta Frequência da rádio Band News FM, o convidado foi o psicoterapeuta Luiz Cuschnir, confira abaixo sua entrevista:

“…Conta da sua decisão profissional quando resolve ser psicoterapeuta, fala do Masculismo e das questões pertinentes ao estudo dos gêneros, discrimina o entendimento do homem e da mulher não somente da perspectiva sexual mas em relação ao conceito de gênero. Elucida um pouco mais como são os seus estudos e prática profissional para se basear nos seus treze livros e avisa: Está saindo do forno o décimo quarto…”

Assista a entrevista do Dr. Luiz Cuschnir sobre estudos da UNICAMP comparativos de mulheres que são donas de casa e as que trabalham fora.

A saúde mental tende a ser protegida de quadros psíquicos muitas vezes em função da realização de atividades profissionais remuneradas.

Ronnie Von e o psiquiatra Luiz Cuschnir discutem sobre quando o amor deixa de ser algo saudável e vira uma doença.

Todo Seu – Gazeta

Roberto Cabrini investiga sérias denúncias envolvendo a violência sexual contra crianças. O documentário especial “Inimigos Íntimos” traz um verdadeiro alerta nacional. Estudos recentes mostram que de cada 10 abusos contra crianças, pelo menos 7 foram praticados por pessoas próximas, familiares ou amigos.

Conexão Repórter – SBT