Amor pode resistir à distância? Eles acham que sim

  • O Estado de S. Paulo
  • 10 Jun 2020
  • Gilberto Amendola Camila Tuchlinski

Pela primeira vez, passam a data longe um do outro Renan Tenca e Paula Cleveland.

Casais acreditam que o amor pode resistir ao distanciamento, até mesmo no dia 12.

Que nos desculpem os Tribalistas, mas essa coisa de “já sei namorar” tem soado um tanto pretensiosa. Será que sabemos mesmo? Com cada um na sua casa, dentro do seu quadrado, gastando horas no WhatsApp ou brigando com a conexão de internet (que insiste em travar

CAMILA TUCHLINSKI – Publicado no Portal Estadão 10/06/2020, 07:51

Namoro à distância ou casamentos antecipados: os efeitos da quarentena na vida dos casais

Unidos pelo amor, Lídice Leão e Ricardo Assumpção Fernandes promovem encontros virtuais na quarentena durante pandemia Foto: arquivo pessoal

Um relacionamento vivido como em um parque de diversões. Essa é a definição de namoro de Ricardo Assumpção Fernandes, de 47 anos, com a jornalista Lídice Leão, 50. Eles estão juntos há três anos. “Começamos a namorar em outubro de 2017, mais precisamente no dia 12. Na primeira vez que nos vimos, a conversa foi tão leve e

Quando se olha pela janela, tem-se uma enorme possibilidade de se proteger e se afastar do que está acontecendo lá fora. Mas não é só isso, essa proteção assim como esse isolamento dá a chance de não se contaminar com o que está a uma certa distância e mais: não se misturar com o que vemos mas não é nosso, do nosso jeito de ser, de pensar, de agir etc. Nessa pergunta temos que refletir sobre o que é a quarentena para todos nós: pode ser muito positiva e muito negativa. O positivo vai para o que podemos aprender com